Tipos de leitores de códigos de barra

Desde o século passado o leitor de códigos de barrasganhou espaço nas empresas. Isso aconteceu nos mais variados segmentos, desde grandes atacados até aquele mercado de esquina, passando pela farmácia do bairro. Também costumam ser utilizados em documentos e uma infinidade de outras coisas, como identificações exclusivas de livros. Hoje em dia sua presença é notada em ampla ao redor do mundo, tornando esta uma tecnologia indispensável em todos os setores corporativos. Mas não só: nos últimos dois anos, até os clientes se beneficiam diretamente da presença de códigos em seus respectivos celulares.

Há um tipo exato de código de barra para cada aplicação específica, como o código QR que é um código bidimensional que utiliza como leitor de código de barras a maioria das câmeras de aparelhos celular. Você pode ter encontrado um código como esse sem nem pensar em toda a praticidade envolvida. Há outro código semelhante, chamado Datamatrix, que utiliza o mesmo sistema de agrupamento de células bidimensionais. Além deste há muitos outros códigos de barra, como os utilizados em atacados, varejo, catalogação de peças automotivas, documentos, boletos, notas fiscais, etc. Um dos mais populares no Brasil é o UTC, mas não podemos deixar de citar também o EAN, fundamental para quem trabalha com importação ou exportação.

 

Tipos de Leitores de códigos de barra para todos os gostos, e todos os bolsos

Assim como há diferentes demandas de códigos de barra, também existem diferentes leitores. Os leitores de códigos de barras têm a função de ler e interpretar os diferentes conjuntos de linhas horizontais e células bidimensionais presentes nos códigos de barra. Os mais tradicionais vêm equipados com espelhos especiais, que tornam possível a decodificação de etiquetas ou rótulos acidentalmente rasgados, amassados ou danificados de qualquer outra forma.

Existem leitores que são conectados via USB, que são os mais modernos, funcionando sem a necessidade de outros tipos de alimentação de energia e dados. Da mesma forma, há leitores que apresentam conexão PS/2 e que utilizam teclados tanto na operação quanto na função de leitura em si. Os leitores de códigos de barra Bluetooth utilizam tecnologia sem fio e permitem mais dinamismo no processo de decodificação, assim como os leitores RF, que utilizam frequências de rádio para realizar escaneamento dos códigos. O alcance desses modelos costuma ser maior do que o dos dispositivos de leitura que utilizam a tecnologia Bluetooth.

Há leitores disponíveis nos mais diversos formatos, como os leitores de código de barras manuais simples, que são mais leves e versáteis, podendo digitalizar uma ampla variedade de etiquetas. Eles podem ou não utilizar cabos, costumam ter menor custo de aquisição e implantação e são simples de usar. Representam a opção ideal para uso em estoques, depósitos ou operações similares.

Os leitores Rugged são leitores de códigos de barras muitos mais robustos. Tais dispositivos são mais utilizados no ramo industrial e em logística, sendo projetados para uso nas condições mais adversas, como naquelas situações em que são registradas variações de temperatura e presença de poeira. Esse modelo tende a suportar quedas, pressões elevadas e climas diversos com baixos índices de avaria.

Leitores 2D/PDF417 consistem em uma tecnologia muito mais moderna,voltada especialmente para garantir recursos comoprecisão da leitura dos códigos. Essa classe de leitores de código de barras digitais pode até realizar correções de códigos de barra incompletos ou desgastados, bem como decodificar rótulos e etiquetas danificados. É a escolha mais acertada para quem deseja realizar um trabalho no qual a margem de erros seja consideravelmente mais reduzida.

Leitores de código de barras WiFi trabalham com uma transmissão direta para bancos de dados, tornando o trabalho dos encarregados mais rápido e eficiente. No entanto, é bom lembrar que seu funcionamento exige o estabelecimento de uma estrutura W-LAN. Para empresas visando aspectos como desempenho e comodidade, esta é uma ótima opção.

Os leitores de código de barras Bluetooth dispensam qualquer tipo de estrutura de conexão, sendo necessário apenas um computador para armazenar os dados em um banco de dados. Esses dispositivos são tão versáteis quanto a sua conhecida tecnologia sugere. O melhor de tudo é que os leitores Bluetooth reproduzem as informações em tempo real. Ou seja, qualquer alteração efetuada no banco de dados que tenha relação com o produto aparecerá quase que imediatamente quando o código do item for submetido a uma leitura.

Leitores de código de barras embutidos são dispositivos geralmente integrados no balcão ou no caixa. Sua adoção é ideal para empresas cuja finalidade é realizar cobranças imediatas, uma vez que seu processamento ocorre em tempo real. Isso se converte em dados plenamente exibidos na tela do caixa com rapidez e comodidade.

Leitores de código de barras fixos são mais indicados para processos de classificação em laboratórios de automação. Isso é justificado por sua velocidade de processamento, o que também faz com que sejam utilizados com frequência em conjunto, a fim de garantir uma maior precisão.

Por fim, os leitores OEM são leitores integrados a seu próprio sistema de bancos de dados. São utilizados em ambientes externos, apresentando alta durabilidade, e podem ser empregadostambém quando são registradas variações de luz.

Esta entrada foi publicada em Uncategorized. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *